Drenagem Linfática Manual

A drenagem linfática manual (DLM) é uma técnica de mobilização da linfa que retira o excesso de líquido intersticial de determinadas regiões do corpo, para restabelecer o fluxo linfático.

Existem algumas versões de DLM, dependendo do método usado, mas de acordo com os estudos experimentais de anatomia, fisiologia e fisiopatologia do sistema linfático todas elas devem ser realizadas com manobras leves, superficiais, lentas, pausadas e repetitivas, drenando apenas o líquido intersticial dos tecidos mais superficiais do corpo e a rede de plexos localizados entre as camadas da pele e tela subcutânea.

Não pode em nenhum caso causar danos ou lesões nos tecidos e dor no paciente. Por isso, antes de realizar este procedimento certifique-se que o profissional é devidamente qualificado para realizar o procedimento.

Indicações

  • Linfedema dos membros fases I, II, III, IV e V;
  • Edema pós-traumático;
  • Edema pós-cirúrgico (cirurgia plástica ou venosa);
  • Dermohipodermites (não infeciosa);
  • Úlcera flebolinfopática;
  • Sensação pernas cansadas.

Contraindicações:

  • Causa cardíacas;
  • Insuficiência renal;
  • Piodermites e outras infeções cutâneas;
  • Infeção sistémica (bacterial e viral)