Nutrição Desportiva

Além do treino e das características genéticas, a alimentação é o terceiro fator de impacto significativo na performance desportiva.

A consulta de nutrição desportiva visa colmatar as necessidades nutricionais do atleta, bem como aumentar a performance desportiva, através:

  • Manipulação da composição corporal de acordo com as necessidades da modalidade, por exemplo: diminuição da massa gorda e/ou aumento da massa muscular;
  • Em caso de existência categorias de peso, auxiliar o atleta a atingir a categoria que pretende;
  • Adoção de estratégias nutricionais específicas pré, pós e durante o treino ou competição, de forma a otimizar os resultados;
  • Promover os processos de adaptação induzidos pelo esforço;
  • Atrasar a sensação de fadiga e aumentar o rendimento físico;
  • Melhorar a recuperação entre treinos ou competições, bem como a diminuição do tempo de recuperação;
  • Minimização da perda de forma física durante os períodos de descanso do ano;
  • Minimização de efeitos secundários: por exemplo, em alguns desportos de resistência poderá haver uma diminuição da performance desportiva pelo desenvolvimento de azia, como subproduto de um trabalho sustentado de alta intensidade.

Corpo Clínico

Nutrição 

Cátia Lopes

Nutricionista

- Licenciatura em Ciências da Nutrição (Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto - FCNAUP);

- Mestrado em Ciências do Consumo e da Nutrição (FCNAUP e Faculdade de Ciências da Universidade do Porto);

- Curso de Anti-aging e Envelhecimento Ativo (FCNAUP).